Faça o seu PEDIDO DE MÚSICA

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Carregando música...

Quem Somos ? Quem Somos ?

A Rádio Heliópolis é uma emissora comunitária sem fins lucrativos.


Criada e dirigida pela UNAS – União de Núcleos, Associações e


Sociedades de Moradores de Heliópolis e São João Clímaco.

A equipe da Rádio Heliópolis (locutores, técnicos, coordenadores e

colaboradores) é formada por aproximadamente 30 voluntários, moradores

ou não da comunidade.

Além do entretenimento eclético (vide “Programação”), tem como objetivo

disponibilizar informações de relevância aos ouvintes (entrevistas com

profissionais de diversas áreas, notícias, dicas, etc.); promover a cidadania

(trocas de informações, denúncias, bate papos sobre conscientização

cidadã, manutenção e conservação de áreas públicas e privadas, etc.)  e a

busca da melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento da comunidade

(divulgação de projetos sociais, anúncios de empregos e oportunidades,

cursos, etc.).

Histórico

 1992: Os moradores de Heliópolis trabalhavam em um programa de mutirão

para a construção de casas na favela. Havia a necessidade de se organizar e

para isso, precisavam de um meio de comunicação. Com recursos obtidos

da ajuda de padres alemães que desenvolviam um trabalho na região, foi

possível comprar um equipamento bastante simples.      08 de maio de 1992:

É criada a “Rádio Popular de Heliópolis”. A programação é transmitida

através de alto falantes “cornetas”, instalados em postes em dois pontos da

comunidade.

 27 de agosto de 1997: As velhas cornetas são aposentadas e é criada a rádio

comunitária na Freqüência Modulada 102,3 MHz.

 1999: Devido à interferência do sistema nas emissoras comerciais e por

força da lei nº 9.612, a freqüência passa a ser FM 98,3 MHz.

 2002: Outra interferência às emissoras comerciais, obrigando a uma nova

mudança de freqüência: FM 97,9 MHz.

 2003: Conquista do prêmio: “Ação Social pela Promoção da Cidadania”, da

APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte de São Paulo. Um

reconhecimento à luta pelo direito à comunicação promovida pela Radio

Heliópolis.

 2004: A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decreta o

fechamento da Rádio Heliópolis, fato que gera grande mobilização da

comunidade. O Governo Federal compromete-se a dar encaminhamento para

a mudança de “Rádio Comunitária” para “Rádio Educativa”.

 2006: Mudança de endereço: O estúdio, antes na Rua da Mina, sede da

UNAS, transfere-se para sede própria à Rua Paraíba, 76 – Copa Rio.  É

decretado novamente pela Anatel o fechamento da Rádio, porém, por breve

período. 27 de outubro de 2006: É publicada no Diário Oficial a permissão provisória

de funcionamento.

 2007: Aberta pelo governo a licitação para funcionamento. Duzentas e

oitenta e oito rádios, entre elas a Rádio Heliópolis, enviam ao Ministério das

Comunicações pedido de licença definitiva para funcionarem como rádios

comunitárias.

 13 de março de 2008: É publicada a autorização oficial e definitiva para o

funcionamento da Rádio Heliópolis.

 15 de junho de 2009: Por determinação da Anatel e do Ministério das

Comunicações, a Rádio Heliópolis passa a transmitir na freqüência de 87,5

MHz.

 Outubro de 2010 Prêmio Azas, secretaria de cultura do Governo Federal,

reconhecimento como melhor radio comunitária do Brasil

Horários rotativos

O funcionamento da Rádio é das 6h da manhã às 0h, sendo que a cada meia

hora entra o apoio cultural, a cada duas horas troca se de locutores com o

mesmo objetivo de levar musicas e noticias a comunidade de Heliópolis e

região.

Abrangência

Uma Rádio Comunitária por lei é permitido um alcance de 1km, a Rádio

Heliópolis por ser a 1º do estado de São Paulo e por estar localizada no

ponto mais alto da comunidade atende Heliópolis e região ao redor, como:

Jardim Patente, Arapuã, São Caetano, Vila Alpina, Vila Prudente, Cambuci,

Rugi Ramos etc. E agora para todo Brasil e outros países.

www.heliopolisfm.com.br


Anúncios ou “Apoios Culturais”

Por se tratar de rádio comunitária, os anúncios veiculados na programação

(“spots” radiofônicos) são chamados de “Apoios Culturais”. Em geral, estes

são gravados nos estúdios da Rádio Heliópolis e tem como objetivo a

divulgação do comércio local (ou do em torno), produtos, serviços, etc. (não

é permitida a divulgação dos valores ou preços destes produtos e/ou

serviços). Mediante assinatura de um contrato, estabelece-se a quantidade

de inserções diárias e por quanto tempo o Apoio Cultural será veiculado na

programação (semanas, meses). Os valores cobrados por estes apoios

culturais são simbólicos e estão muito aquém daqueles cobrados por rádios

comerciais. Essa verba é destinada à manutenção dos equipamentos e/ou ao

pagamento de pequenas despesas da Rádio Heliópolis.